“Como lidar com o aluno que já sabemos que irá reprovar?”

O resumo do #BReltchat desta semana foi escrito pela Kelly Amorim  (@amorim_kelly). #BReltchat agradece imensamente pela contribuição dela e de todos que participaram do chat na quinta.

Photo taken by @thornburyscott at Sant Pol de Mar, Catalonia #ELTpics

 

Todos nós fracassamos em algum momento de nossas vidas, seja na vida pessoal ou profissional, sempre temos os dois lados da mesma moeda. Mas, como lidamos com o fracasso de nossos alunos? Uma piada comum nas redes sociais e que muitos de vocês já devem ter lido é:

– Teacher: “You’ve failed English”

– Student: “You’ve failed teaching”.

 

O #BReltchat dessa semana não foi nada menos do que polemico. O tema: “Como lidar com o aluno que já sabemos que irá reprovar?”, girou em torno de questões que envolveram a participação e responsabilidade dos pais, da instituição, dos professores e dos próprios alunos.

 

A questão primeira que nos toca é quem são esses reprovados eminentes e como identificá-los. Serão os matematicamente “condenados”? Os cujo desempenho não acompanha o nível da turma? Os que faltam mais do que comparecem? Os que possuem dificuldades de aprendizado no nível em que estão?

 

Acreditamos que durante o progresso do semestre temos todas as armas para diagnosticar os alunos que não serão aprovados para o próximo nível. O fato é quando aceitar que esse desfecho é real:

@agrizi_luiz: Procuro ser otimista e acreditar que o aluno vai passar mesmo tirando uma nota horrível na primeira prova. #breltchat

@amorim_kelly Até mesmo tirando nota horrível na primeira e segunda, ainda sim, prefiro encorajá-lo a desacreditar na reprovação e tentar #breltchat

@agrizi_luiz: “saber que o aluno vai reprovar” é meio radical pra mim. É como perder as esperanças. #breltchat

 

A própria palavra reprovação já nos vem cheia de sentidos:

@llea_dias A palavra reprovação já me leva a pensar em problemas com pais e tumulto com a coordenação.

 

Mas, está a responsabilidade da reprovação deitada confortavelmente em nossos colos?! Somos nós, professores, quem devemos motivar os alunos a estudar a ponto de não chegar a ser reprovado? Ou é da responsabilidade do aluno perceber que se não houver uma mudança de atitude não haverá aprovação? Tal decisão é compartilhada por ambos como acredita Gardner em sua obra Social psychology and second language learning: The role of attitude and motivation.(1985) “motivation to learn a foreign language can be described as a complex of constructs, involving both effort and desire, as well as a favorable attitude toward learning the language at hand.”. Opinião essa compartilhada pela maioria dos participantes que concordam quando @iury_ELT afirma:

@iury_ELT O professor deve dar apoio, mas se não há interesse do aluno em melhorar fica difícil passá-lo pra outro nível. #breltchat

 

Ainda dentro dessa linha de pensamento como identificar o aluno que será, inevitavelmente, reprovado? E como “anunciar” que sua “comédia” se transformou em um “ato trágico” sem fazê-lo desistir de finalizar a obra? Como bem questionou @shirleyteacher: Vocês acham q a reprovação iminente deve ser “anunciada”?

Não há dúvidas entre os participantes que deixar que a reprovação seja uma surpresa de última hora para o aluno e para os responsáveis não é o melhor caminho. Mas, como informá-los sem tirar a motivação deles para com o idioma? Como fazer os pais entenderem que a reprovação é o melhor caminho? Como evitar que aconteça o que Teresa pontua:

@teresa1999 #breltchat Ouvi de poucos pais q iriam incentivar o filho a fazer de novo, que não poderiam desistir. A maioria se desespera. Como não gerar o desespero e a desmotivação?

 

São muitas as perguntas. Afinal estamos todos sempre em busca disso, motivar nossos alunos a quererem estudar, a quererem aprender, a progredirem. Afinal “to be motivated is to be moved to do something” (Ryan & Deci, 2000, p. 54).

 

Começar pensando em como nós mesmos encaramos a reprovação, como nossa cultura a encara e como nossa “clientela encarara”, como sugeriu @teresa1999 é um bom primeiro passo. Aliás, nossa prática diária e nossas experiências ditam os outros passos a serem dados nesse caminho:

@siportessantos: Quando sinalizo p os pais, evito a palavra reprovação, digo “ele pode não ser aprovado o próximo nível”#breltchat

@vbenevolofranca: #breltchat Sempre liguei para a mãe/pai/aluno reprovado para q pudesse pegar o resultado em outro momento.

@iury_elt: Se for jovem é bom conversar com os pais durante o curso p/ falar do progresso do filho.

@lu_bodeman a responsabilidade deve ser compartilhada. Jamais nas costas de um só (prof x aluno x pai ) #breltchat

@amorim_kelly #breltchat Fazer o aluno entender que a reprovação não é um castigo e sim uma 2ª chance de melhoria, o fará ter gás para refazer o livro.

@iury_ELT  devemos fazer o aluno refletir sobre como ele chegou naquele estágio (reprovação). #breltchat Mesmo o desinteressado reflete.

@amorim_kelly #breltchat Mostrar que são capazes e deixar claro aonde precisam melhorar. Dar suporte emocional…esse é tb o nosso papel!

@DyegoSaraiva: #breltchat uma boa abordagem é o professor levar o aluno a refletir pq ele vai repetir o semestre/ano.

@DyegoSaraiva #breltchat (…) e já traçar metas para ele passar no próximo ano/semestre.

@DyegoSaraiva #breltchat perguntas-chave como: como vc vê sua performance esse ano? / vc estudou/praticou o bastante? / vc acha que tem condição de seguir?

@amorim_kelly #breltchat Não deixar o aluno se sentir incapaz e sim mostrar o que ele é capaz de melhorar refazendo o módulo, o ajudará a ter motivação.

 

Motivação para continuar é a chave de tudo, anunciar a reprovação, mas de forma a motivá-lo e motivar aos pais a continuação da aprendizagem. Citando Dörnyei em sua obra Motivational strategies in the language classroom: “Tapping into motivation is crucial for language teachers because we know that motivation is one of the key factors driving language learning success”

 

Comprometimento com o progresso do aluno, motivá-lo a se conscientizar com seu próprio desenvolvimento, ajudá-lo a recuperar o que foi perdido. Enfim dar suporte. Desempenhar nosso papel de educadores para a vida. Afinal:

@shirleyteacher lidar com reprovação é preparar para a vida tb! Nem sempre se ganha, já dizia a vovó, né? ‎#breltchat

 

Advertisements

One thought on ““Como lidar com o aluno que já sabemos que irá reprovar?”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s