Follow-up do BrELT Chat de 09/04/15: Entrevista com Karin Heuert Galvão

De professor a diretor

No nosso último BrELT Chat, discutimos o que muda quando o professor sai da sala de aula e vai gerenciar o curso ou a escola. Pudemos aprender muito com quem já teve ou está tendo essa experiência. Dentre as pessoas que mais compartilharam dicas de como transitar bem nessa mudança destacou-se, sem dúvida, a Karin Heuert Galvão, que gentilmente nos cedeu esta entrevista.

1) Como você se tornou uma administradora no ramo da educação?
Foi tudo realmente por acaso. Tudo começou mais por uma necessidade do que por um planejamento. Eu já trabalhava como professora particular há algum tempo, e em 2007 uma empresa quis me contratar e eu tive que tomar uma decisão: “virar uma empresa” ou continuar como professora particular. Decidi ir pelo caminho empresarial, visando outras conquistas no futuro.

2) Quais foram as principais dificuldades que você encontrou na transição de professora para coordenação?
Eu realmente não estava preparada financeiramente e psicologicamente para virar coordenadora. No início eu imaginava que já tinha bastante bagagem e poderia tocar tudo numa boa, mas eu não tinha ideia da amplitude de conhecimentos que um coordenador precisar ter para gerir de modo organizado e eficaz. Por isso eu fui atrás de informação. Cursos voltados a ensino de inglês como segundo idioma, cursos para coordenadores pedagógicos, workshops, palestras, cursos de técnicas de ensino, de liderança, enfim, tudo que pudesse agregar.

3) No que sua experiência como professora ajudou?
Ajudou muito! Ao passar da posição de professora para coordenadora e diretora de uma escola, ajuda ter uma visão diferente das funções em uma escola, do que o professor representa para a escola, de como é importante ter um professor interessado e dedicado na equipe.

4) Que habilidades novas você precisou desenvolver? Como fez para adquiri-las?
Precisei, além de melhorar meus conhecimentos como professora, para poder orientar melhor os professores que estavam na minha equipe, virar empresária. Precisei ir atrás de cursos voltados à administração de empresas, empreendedorismo, buscar uma consultoria financeira e começar a dividir melhor meu tempo: a “Karin professora” e a “Karin administradora”.

5) Que dicas você daria para quem está fazendo essa transição agora?
Pensando hoje em como comecei, eu realmente daria um conselho a mim mesma do passado: faça um planejamento. Se eu tivesse tido alguém para me orientar melhor no início, tenho certeza de que não teria tido tantos ups and downs, tantas noites de choro (porque sim, você chora, e muito — quem disse que crescer não dói?). Fazer um planejamento estratégico e financeiro são prioridades, sem planejamento não é possível “move forward”. E obtenha informação: se você não tem a informação, informe-se. Vá atrás de cursos, palestras, workshops. Converse com as pessoas corretas, gente que tem o conhecimento que você precisa. Você não tem a menor obrigação de saber tudo, mas você tem a responsabilidade de informar-se. Ninguém consegue fazer as coisas sozinho. Um bom gestor/empreendedor vai atrás das pessoas certas para cada função. Você precisa melhorar o financeiro? Um consultor financeiro “is the key”: ele vai te passar detalhes dos quais você não tem conhecimento, afinal de contas, você é professor “in the first place”. Fazer a transição não foi fácil, mas eu faria tudo de novo. Hoje eu sou muito feliz como professora, pois sei que trabalho utilizando técnicas em que acredito, e isso só foi possível fazendo esta mudança na minha carreira. Tenho todos os cursos, certificados, etc. que gostaria? Ainda não. Knowledge is only valuable if you’re eager to learn.

6) Mais alguma coisa que você gostaria de dizer à comunidade?
Se algum dia você pensou em mudar, criar algo novo, se você tem uma ideia diferente, vá atrás. As coisas não acontecem se você não se mexer. Não deixe para os outros o que você quer fazer. Professor também pode ser empreendedor, basta querer. Fico à disposição para quaisquer contatos (karin @ istudy.com.br). Sharing is fundamental.

*****************************************************************************

rosto 2

Karin Heuert Galvão é professora e diretora da i-Study Interactive Learning, localizada na Granja Viana (Cotia/SP). Tem 15 anos de experiência em ensino de inglês. Tem certificado CAE, IHTC e CELTA e atualmente está preparando-se para o CPE. Desenvolve conteúdos EFL para alunos a partir de 02 anos de idade. Trabalha como supervisora de exames Cambridge e está sempre procurando novas oportunidades para aprender e compartilhar conhecimento. www.istudy.com.brhttp://karinheuertgalvao.blogspot.com.br/

One thought on “Follow-up do BrELT Chat de 09/04/15: Entrevista com Karin Heuert Galvão

  1. Pingback: Follow-up do BrELT Chat de 09/04/15: entrevista com a Priscilla Santos | #BRELT

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s